Neuras da Mamãe - Blog

As férias se aproximam e você acredita que não vale mais a pena buscar ajuda para seu filho?

No consultório notamos com muita frequência a mudança na movimentação pela busca dos pais o que diz respeito a avaliações e intervenções. Nos meses de Setembro e Outubro temos uma busca intensa e muitas vezes chegam a faltar horários para dar conta da demanda, porém nos meses de Novembro e principalmente em Dezembro e Janeiro essa mesma procura cai pela metade.  Mas, sabe por que isso acontece? Muitas vezes o que escutamos dos pais é que no fim do ano já é tarde demais para buscar esse tipo de serviço, e infelizmente muitos que buscam nos meses em que tem mais movimento são apenas pais desesperados por um pedaço de papel que justifique o porquê a escola não pode reprovar seu filho.

Vale a pena buscar avaliação ou intervenção para meu filho no fim de ano?

Essa pergunta é constante e a resposta é um sonoro SIM!

Não existe época do ano melhor ou pior para buscar ajuda para as dificuldades escolares e/ou comportamentais do seu filho, simplesmente porque essas questões não tiram férias. Seu filho pode até sair de férias na escola e naquele período realmente você não irá sentir suas dificuldades se forem questões de aprendizagem e ele não fizer nada que necessite dessas habilidades.

Porém, sabemos que a vida real não é assim, pois no dia-a-dia com o passar dos anos sempre iremos precisar das nossas habilidades em matemática, linguagem, seja na leitura, na escrita ou até na comunicação oral. Não é mesmo?

No que diz respeito aos comportamentos então, nem é necessário falar muito, certo? Ou será que realmente alguém acredita que o comportamento inadequado do filho irá mudar nesse período só porque estão de férias? Sabemos que isso não é uma verdade e, portanto, não faz sentido pensar que em problemas comportamentais, como birras frequentes, comportamento opositor, agressividade etc., podemos postergar a busca pela intervenção adequada.

Mas meu filho está de férias ele não deveria descansar das “cosias da escola”?

Pode parecer um pensamento óbvio, mas não é, pois ao contrário do que pensam, crianças que tem dificuldade precisam estar constantemente sendo estimuladas nas áreas em que tem prejuízo.

Outro ponto que muitas vezes os pai não pensam é que é justamente nas férias que os filhos estão menos sobrecarregados, se sentem menos fadigados e tem as mentes mais tranquilas para fazer uma avaliação de qualidade e até par se adaptar ao início de uma intervenção.

Isso não quer dizer que a criança que necessita de intervenções na aprendizagem ou no comportamento nunca terá férias, ok? Simplesmente queremos explicar que a proximidade do fim de ano e o início das férias não justifica a desistência por buscar ajuda adequada.

É muito importante que os pais entendam que os transtornos e as dificuldades não tiram férias, e mesmo que seja combinado em comum acordo com a neuropsicóloga, a terapeuta e/ou a psicopedagoga que terão um período de recesso para descansar provavelmente terão algumas indicações que devem ser seguidas nesse momento para não perderem tudo aquilo que foi conquistado em quanto seu filho estava indo semanalmente às sessões.

Quais as vantagens de procurar esses serviços no fim de ano?

Bom, além de que para a criança acaba ficando mais leve fazer a avaliação nesse período justamente por não estar tão atarefada, também devemos pensar que ela irá iniciar o próximo ano letivo, seja na mesma escola ou em uma nova, com o respaldo profissional necessário e com as diretrizes adequadas para suas dificuldades, evitando assim que passe pelos mesmo transtornos e sofrimentos que teve anteriormente.

Deixe uma resposta

3 + catorze =

PROCURANDO ALGUM TEMA?

CATEGORIAS

NEURODESENVOLVIMENTO

Aqui iremos falar tanto do desenvolvimento esperado quanto daquele que já tem algum atraso e pode ser sinal de alerta para procurar ajuda profissional.

APRENDIZAGEM

Como as crianças aprendem é algo muito estudado atualmente e hoje sabemos q diversos fatores podem afetar a aprendizagem dos pequenos.

AUTISMO

Atualmente um tema com muita repercussão, mas que ainda gera muitas dúvidas, abordaremos este tema com carinho.

COMPORTAMENTO

Falaremos de tudo o que envolve o comportamento dos pequenos, desde sua personalidade, temperamento, até birras, bullying e outros temas relacionados.

Andrea Luccas - Neuras da Mamãe

ANDREA LUCCAS

CRP: 06/99643​

Thais Peleias - Neuras da Mamãe

THAIS PELEIAS​

CRP: 06/100880​

E-BOOK DO BLOG

Fique ligado, em breve estará disponível nosso E-book, criado com muito carinho, tratando de assuntos relacionados ao nosso blog.

CONTATO

Entre em contato conosco por e-mail ou, se preferir, encaminhe uma mensagem, preenchendo o formulário abaixo:

2019 – Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido pela empresa Klick Saudável
Sites para Profissionais da Saúde